Harmonizações Queijos & Vinhos

/, Design, Queijos & Vinhos/Harmonizações Queijos & Vinhos

Harmonizações Queijos & Vinhos

Queijos e vinhos são amigos íntimos. Uma conversa entre ambos, porém, deve ser sempre bem elaborada, já que apresentam características por vezes conflitantes (o sal do queijo, por exemplo, pode deixar o vinho mais amargo na boca). Para ajudá-lo nesta saborosa empreitada, separamos cinco combinações para uma boa harmonização:

Antes de começar, lembre-se sempre de que em uma boa mesa de degustação não podem faltar frutas. Dê preferência àquelas da estação, evitando as ácidas que podem interferir no sabor.

Frutas secas também serão bem-vindas. Em média pode-se calcular 200 g de queijos para cada pessoa.

1. Queijo azuis, como gorgonzola, roquefort e stinlton conversam muito bem com os vinhos mais doces como o Porto, o Madeira e o Sauternes, e também com os brancos aromáticos como o Sauvingnon e o Gewürztraminer.

2. Os queijos de pasta mole como o camembert e o brie, quando maduros, vão muito bem com vinhos tintos estruturados como Malbec, Tannat uruguaio, Cabernet Sauvignon Reserva. Quando frescos (com até 25 dias), podem ser harmonizados com brancos encorpados como Chardonnay Reserva e espumantes.

3. Os queijos mais suaves de textura semidura como o gouda, o ementhal e o gruyère aceitam vinhos menos tânicos (mais suaves), como os da uva Carmenère.

4. Os queijos de textura dura (parmesão, pecorino) conversam bem com tintos tânicos e estruturados, como Cabernet Sauvignon ou Barbaresco do Piemonte. De modo geral, quanto mais duro for o queijo, mais tânico poderá ser o vinho.

5. Queijos frescos de massa mole (ricota, requeijão, cottage, mussarela de búfala, cabra e minas) conversam bem com os vinhos brancos, como o Chandonnay e Riesling.

Na Casa de Especiarias, você encontra tudo o que precisa para uma deliciosa noite de queijos e vinhos!

By | 2018-02-16T17:17:15+00:00 fevereiro 16th, 2018|Categories: Creative, Design, Queijos & Vinhos|Tags: |0 Comments

About the Author:

Leave A Comment